sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Poesias de meus Alunos.



Amo poemas e poesias e incentivo meus alunos a escreverem
aqui algumas poucas produçoes simples de alunos de 4ª serie-


PRECISAMOS DE:

Precisamos urgentemente de:

Luz
Para iluminar nossoa corações
Perfume
Para perfumar nossoa sonhos
Um Diario
Para escrever nossos sentimentos

Um Fichario
Para encher nossos coraçoes de sabedoria
Um Botão
Para unirmos em gratidão
Oculos de Lentes coloridas
Para ver a beleza da natureza
Carinho
Para fazer um mundo melhor
e com isso sermos todos mais felizes!!!!
Aluna:Maria Cecilia Nitz Corteletti 4ª serie
Prof.Carmem Lucia Correa De Castro
EMEF "Vila Jetiba"ilade Jetibá"Santa Maria de Jetibá- ES

AGUA
Não gaste a agua atoa.
Porque se não um dia
A agua taõ boa
Vai se acabar
e você pode chorar
Agua tão pura
Agua taõ rara.
É tambem como as arvores
Que mantém a nossa respiraçaõ
Colocando em dia nosso coração
Não disperdiço
Nem alimento nem energia
se não um dia a terra se cansa
Usar de mais somente a paz
E a esperança
Aluno:Henrique julhor klemz
4ªsérie-Santa Maria de Jetiba-ES
Prof:Carmem Lúcia C, de Castro

.IDENTIDADE


Às vezes eu sei quem sou:
Às vezes sou o “BATMAN”
Corajoso e destemido!
À vezes sou um “RATO”,
Com medo e escondido!
Para a minha avó,
Sou um “ESTUDANTE” de 11 anos.
Para minha mãe,
Sou um “GRANDE SONHADOR”.
E para meu pai:
Muito “RESPONSÁVEL”.
Mas quando não sei o que sou
Pessoas me dizem:“BOCHECHA ROSINHA”,
“FOFURA DA MAMÃE”,
“ÓTIMO ALUNO”,
Desse jeito, não sei onde vai!
Aluno: Lucas Delboni Saores
Prof.Carmem Lucia Correa De Castro
EMEF "Vila Jetiba"

Se...
Se eu pudesse voar:
Seria um pássaro ou passarinho gavião,
Com leves asas cobertas de lindas penas
Atravessando o céu trazendo alegria.
Ou pediria, por favor, com licença
Ao Santos Drummond
E seria o 14 BIS,
O seu primeiro avião
Conquistando o céu?
Ou subiria até as nuvens
Com a beleza de um balão
Um dirigível mais leve do que o ar
Aproveitando ventos para passear?
Ou gostaria de ser
Um terrível avião de guerra
Carregado de bombas e míceis
Espalhando a destruição com um barulhão?
Quem sabe seria um Avião com passageiros
Viajando em todos os lugares
Indo num pé e voltando no outro?
Um pequeno aviãozinho
Um bem menor, talvez jatinho
Prestando serviço a todo “MUNDO”
Como um pombo correio, um passarinho?
Ou gostaria de voar livremente
Nas asas de minha imaginação
Ou, ser anjo, super-herói ou vampiro
Numa eterna aventura de “IMAGINAÇÃO”.
Aluno: Lucas Delboni Saores
Prof.Carmem Lucia Correa De Castro
EMEF "Vila Jetiba"






5 comentários:

  1. Com a sensibilidade que lhe é peculiar só poderia colher frutos como estes alunos escritores e leitores....Ressaltando que fiquei apaixonada pelas suas apresentaçoes de final de ano...publique ai bj

    ResponderExcluir
  2. Feliz os alunos, que tem professores que o incentivam a escrita a leitura que prope trabalhos como esse.....Parabens..

    ResponderExcluir
  3. VOU FAZER USO DAS PALAVRAS DO GRANDE RUBEN ALVES

    Não basta saber ler para ler poesia. Ler poesia é uma arte. Exige que o leitor se coloque numa posição especial de alma. O segredo da poesia está na música da leitura. Mais do que uma arte: é um ato de bruxedo. O leitor invoca um mistério que se encontra nos interstícios das palavras do poeta. Essas palavras estão dentro dele mesmo. O poema faz-me ouvir um poema que está dentro de mim. Esse poema que está dentro de mim é um pedaço de mim."

    "Você já experimentou ficar boiando no mar? O corpo todo solto, sem fazer nada, nenhum movimento, subindo e descendo ao sabor das ondas? Pois é assim que se lê poesia: flutuando ao sabor das palavras, sem pressa, em voz alta, poesia é música."

    "São falas do coração. Por favor: não tente entender. Música não é para ser entendida. é para ser ouvida. Poesia não é para ser entendida. É para ser lida em voz alta"


    Rubem Alves

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns por ser esta professora tão especial ...e que tem o dom de desenvolver estas competências em seus alunos....

    ResponderExcluir