sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

A importância do Supervisor no contexto escolar


O processo educativo envolve uma diversidade de fatores interligados que possuem uma grande abrangência humana e social. Os fatos que ocorrem durante esse processo necessitam ser tratados adequadamente, ou seja, de forma correta e no momento exato. E, em educação, para que isso possa acontecer é indispensável que se tracem linhas de ação definidas e coerentes. O acaso não pode figurar, nem deve, como única fonte de estímulo e direção da ação educativa.As diferenças individuais e a diversidade de fatos que ocorrem no processo educacional sistematizado, do qual a escola detém a maior responsabilidade, leva a constatação da importância da unificação de esforços da mesma, em termos de consecução dos fins da educação. Surge, então, no contexto escolar, a necessidade de um profissional que, uma vez organizado, possa propiciar atividades de planejamento, de orientação, de acompanhamento, de controle e de avaliação, em relação à ação docente.No contexto de cada sistema de ensino, este profissional é o Supervisor Escolar ou Educacional. Há ainda, quem o denomine Coordenador Pedagógico. Este profissional, responsável pelo Serviço de Supervisão Escolar - SSE, deve estruturar e dinamizar suas ações levando em conta aspectos que facilitem a busca pela melhoria da qualidade do ensino-aprendizagem, tendo sempre em vista o aperfeiçoamento do processo educativo.Muitas são as razões que, traduzidas em necessidades, são apresentadas como determinantes básicos da importância de uma adequada estruturação e dinamização do Serviço de Supervisão Escolar.Entre elas, destacam-se:

  • a necessidade de garantir a observância da política e da filosofia educacional vigente;
  • a necessidade de manter, a nível de escola, a unidade, a seqüência e a integração curriculares, com relação às séries, aos conteúdos e à metodologia adotada;
  • a necessidade de estimular a manutenção de um clima favorável ao processo educativo;
  • a necessidade de favorecer a realização do professor como pessoa, como profissional responsável pelo processo ensino-aprendizagem, como educador, ligado diretamente ao aluno;
  • a necessidade de promover a renovação do professor como dinamizador de uma metodologia de ensino, como especialista de uma área do conhecimento, como elemento de divulgação de cultura.

Essas, entre outras razões, nos levam a situar o Serviço de Supervisão Escolar como um serviço de fundamental importância para a consecução do processo ensino-aprendizagem e a efetivação do processo educativo na escola e no sistema de ensino, bem como, é justificável pensar o mesmo do profissional responsável pelo SSE.

2 comentários:

  1. Passando para desejar um belo sábado e dizer q tenho um selinho pra vc...bjsssssssss

    ResponderExcluir
  2. Cara Carmem Lucia, venho acompanhando seu blog Meus Estudos na Arte de Ensinar, meio que de soslaio, a um certo tempo, tenho um blog literário “CASA DO POETA - Onde a Literatura visita a Poesia” e publico algo parecido dentro do mesmo nicho seu - o literário. Gosto de seu conteúdo, assim como dos conteúdos do André Luis, do Gritos Verticias, com quem faço uma parceria de comunidade no Rec 6 e estamos finalizando parceria entre nossos blogs. pergunto se o assunto te interessa. Deixo claro que sua negativa não muda em nada a relação de leitor que mantenho com seu blog. Um grande abraço do Thelmo Mattos - owner e poeta.

    ResponderExcluir