segunda-feira, 6 de abril de 2009

POEMA :SER MULHER

Nas horas nunca vagas viro artista.
Viro imitadora do criador.
Nunca viro pé de coelho,
porque não acredito na sorte ,
viro sim pra ficar de joelho.

Não viro pé de pano nem pé de vento ,
nem pé de valsa,
viro alquem que pede benção.
Sou cama leoa viro pra lá , viro pra cá ,
viro pra direita viro pra esquerda.

Só para virar imitadora de Jeová.
Sou livre para ser o que sinto e
livre para sentir o que sou.
Livre para sentir que sou filha do Altíssimo Criador.
Sou artista da arte eu a pertenço ela me pertense,
Eu a respiro ela me inspira ,
mas sei que maior inspiração
não vem das paisagens nem da flor ,
vem lá de cima do Grande Criador.

Não faço nada sem propósito.
Na minha vida tudo tem razão, tem lutas e tem dor.
Minhas atitudes por mais estranhas
e bizarras tem motivos e tem amor.
Tenho gênio dificil , muitos não conseque entender.
Por que sei exatamente o que quero , o que não quero ,
para onde vou e onde não quero ir, o onde quero chegar.

No céu!
Sou caipira sou barroca espiritualizada e livre.
De Jesus sou adepta.
De uma coisa tenho certeza sou
herdeira da verdade que liberta.

Sou mulher, mãe esposa,
filha sou irmã sou amiga, sou frágil, forte ,
pequena e grande.

Ser mulher ,não é facil ,
tem lagrimas alegrias ,
tem dor.
Ser mulher não é pouco e fantástico espetacular.
É benção do Senhor.
Autoria :Neuza Pinheiro Vieira.
comunidade SAF SOCIEDADE AUX FEMININA IPB

2 comentários:

  1. Quero dizer que fico lisonjeada por fazer parte deste blog, tenho aprendido muito por aqui, parabens pela variedade de assuntos que tem nos chamado atenção tanto na aréa educativa,como na aréa emocional, parabens pelo belo trabalho.

    ResponderExcluir
  2. gostei muito de poema : ser mulhe parabéns e um poema muito emocional .

    ResponderExcluir