sábado, 23 de janeiro de 2010

SUGESTÕES DE TEXTOS E ATIVIDADES PARA O ENSINO RELIGIOSO

3º ANO A VIDA SE VIVE PARA QUÊ? - LENDA JAPONESA

Era uma vez um grande samurai que vivia perto de Tóquio.
Mesmo idoso, se dedicava a ensinar a arte zen aos jovens.
Apesar de sua idade, corria a lenda de que ainda era capaz de derrotar qualquer adversário.

Certa tarde, um guerreiro conhecido por sua total falta de escrúpulos apareceu por ali. Queria derrotar o samurai e aumentar sua fama.
O velho aceitou o desafio e o jovem começou a insultá-lo. Chutou algumas pedras em sua direção, cuspiu em seu rosto, gritou insultos, ofendeu seus ancestrais.
Durante horas fez tudo para provocá-lo, mas o velho permaneceu impassível.
No final do dia, sentindo-se já exausto e humilhado, o guerreiro retirou-se.
E os alunos, surpresos, perguntaram ao mestre como ele pudera suportar tanta indignidade.
- Se alguém chega até você com um presente, e você não o aceita a quem pertence o presente?
- A quem tentou entregá-lo, respondeu um dos discípulos.
- O mesmo vale para a inveja, a raiva e os insultos.
Quando não são aceitos, continuam pertencendo a quem os carregam consigo.

MORAL DA HISTÓRIA:
A sua paz interior depende exclusivamente de você.
As pessoas não podem lhe tirar a calma. Só se você permitir.
Texto extraído do site:
http://pensamentoslucena.spaceblog.com.br/73716/Lenda-Japonesa/

SUGESTÕES DE ATIVIDADES

1) Leia com atenção o texto com seus colegas, reflitam sobre o seu conteúdo. Então se organizem e ensaiem uma teatralização do mesmo. Depois apresentem-na para todas as turmas da escola.

2) Comente com suas palavras o que você achou mais interessante nesta história.

3) Copie a moral da história e ilustre-a com um desenho.

4) Para refletir e dialogar: Muitas religiões e filosofias de vida nos ensinam que o objetivo da vida é ser feliz, e que a felicidade é uma conquista que depende de cada um de nós. Depende do nosso jeito de viver, de realizar com alegria e dedicação as nossas tarefas e principalmente, saber relacionar-se com as pessoas.

Somos educados quando tratamos os outros com respeito e atenção, e isto nos faz pessoas bem aceitas pelos outros.
Mas no caminho da nossa vida podemos encontrar aqueles que querem nos chatear, nesse caso, o aconselhável é nos afastarmos e não darmos atenção aos seus insultos, não permitindo que nos tirem a paz interior, que é o segredo de uma vida feliz.
Quando isso acontecer na escola devemos comunicar nossos professores ou o supervisor responsável pelo bom andamento das atividades e recreio na escola. E não partir para a agressão.
Como você costuma reagir diante de pessoas, colegas da escola que querem contrariar você?

5) Escreva uma lista com no mínimo cinco objetivos de vida que podem tornar a sua vida mais feliz. Entre esses objetivos escreva um que mostre como você pode melhor relacionar-se com as pessoas. Certamente você está ainda aprendendo a escrever, então peça ajuda para a sua professora para realizar esta atividade.

6) Pense em três diferentes religiões ou igrejas existentes em sua comunidade. Então procure pessoas ou líderes destas religiões ou igrejas e faça uma entrevista para saber o que elas ensinam sobre o objetivo da vida e como devemos viver a vida para sermos mais felizes. Antes, com a ajuda de seu professor(a), elabore um roteiro de perguntas para a entrevista.

7) Com os resultados de sua pesquisa crie cartazes com desenhos ou recortes de gravuras e socialize a sua produção fazendo uma exposição na escola em um varal didático.

8) Crie uma história a partir de um fato que aconteceu em sua vida ou na vida de alguém que você conhece, onde as pessoas envolvidas resolveram o problema de relacionamento de modo pacífico e se tornaram grandes amigos. Depois socialize a sua história com os colegas da turma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário