terça-feira, 24 de maio de 2011

A alma...



de uma mulher é antiga, infinita e
cheia de segredos...
Sorve-as aos poucos, como vinho...
E não queira decifrá-la toda, em
todos os seus gestos e sensações.
Deixe um pouco para amanhã... e
surpreenda-se, sempre...


(Carolina Salcides).


Fonte da imagem:

http://www.google.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário