domingo, 23 de janeiro de 2011

Matemática Divertida, Lúdica e Prazerosa -Trabalho com Histórias !!!


Hoje vamos trabalhar a partir de uma história, o que é bem legal .
Naquela manhã a centopéia acordou mais cedo.
Era dia de comprar sapatos e ela gostava muito de fazer compras.
Levantou, arrumou a sua caminha e foi para a sala tomar café.
A sua mãe já tinha arrumado a mesa.
O café estava quentinho e havia uns bolinhos de que ela gostava muito.- Menina, ande logo, senão vamos chegar muito tarde e não vamos ter tempo de comprar todos os sapatos de que precisamos.
Dona centopéia e a sua filha pegaram nos seus chapéus e nas suas sombrinhas porque estava um sol muito forte e pediram uma boleia ao senhor mosquito.
Quando chegaram à loja, a joaninha veio atende-las.
- Bom dia, dona centopéia, como a sua filha está bonita, faz tempo que a senhora não aparecia.
A centopéia e a sua mãe foram olhar os sapatos que estavam na vitrine.
A centopéia pediu um sapato vermelho muito bonitinho.
A joaninha subiu e desceu a escada, subiu e desceu, subiu e desceu diversas vezes para trazer os pares de sapato para a centopéia.
A joaninha colocou todos os sapatos na centopéia e ela andou um pouco para ver se eles não apertavam os seus pezinhos.
- Dona joaninha, estão muito apertados, não tem um número maior?
E a joaninha subiu e desceu a escada novamente, subiu e desceu diversas vezes para ir buscar sapatos maiores.
Quando acabou de colocar os sapatos nos pés da centopéia, a joaninha não tinha mais forças nem para se levantar.
Dona centopéia, então abriu a sua bolsinha, pagou os sapatos e disse para a joaninha:
- Você hoje está muito cansada. Amanhã eu volto para comprar os meus sapatos.
E a joaninha desmaiou....
É uma história bem curtinha ,mas que dá o que falar...e trabalhar !

Uma das possibilidades foi publicada na Revista do Professor (jan/mar 1999), e é a de trabalhar com quantificação, memorização e classificação : Materiais: uma centopéia de cartolina para cada grupo; sapatos para cada centopéia, de cores e detalhes diferentes; dado da quantidade.
Procedimentos: Após o professor contar a história, divide a turma em equipes e cada uma recebe uma centopéia de cartolina. O professor propõe às equipes que organizem os sapatinhos no centro do grupo, combinando, também, as regras do jogo. Dada a partida, cada equipe, uma de cada vez, atira o dado e pega o número de sapatinhos indicado. A cada rodada, a equipe deverá pegar a quantidade indicada no dado, cuidando, porém, para pegar sapatinhos com detalhes diferentes.
Dicas importante que a equipe
Mathema nos dá :
-conhecer (bem) a história antes de apresentar aos alunos para saber quais as possibilidade de trabalho que ela permite, e se estão adequadas à eles.
-lembrar que nenhuma exploração matemática pode vir antes da própria história , e nem tampouco deturpar o sentido da história.
-o 1º requisito para uma exploração de matemática a partir de um livro de histórias é que as crianças gostem e se envolvam com ele, com os personagens, etc...
-o ideal não é explorar um livro a semana toda, mas aos poucos, com emoção, expectativas, problematizações especialmente preparadas para isto. Fazzendo isto em 1 aula por semana, assim um mesmo livro pode levar 1 ou 2 meses sendo trabalhado com a turma .
-não há necessidade de 1 livro para cada criança - podem trabalhar em duplas ou quartetos, ou o professor poderá ter o livro em tranparência , ou tipo livro seriado...
Espero que gostem . Essa e outras postagens interessantes estão no blog muito criativo da Bety

Nenhum comentário:

Postar um comentário